Skip to main content

No ano em que se assinalam os 50 anos do momento fundador da democracia portuguesa, a Campanha #DizAbril convida todos a celebrarem nas redes sociais meio século de liberdade de expressão e de pensamento com poemas, canções, imagens ou palavras de ordem.

Nesta comemoração, damos à palavra Abril um significado amplo, para a transformar em liberdade de expressão, e em expressão da festa.

Durante os 48 anos que durou a ditadura, os portugueses viveram condicionados por uma longa lista de proibições legais e morais. O conservadorismo e o subdesenvolvimento eram elogiados pelo discurso oficial — antiprogresso, anticiência, antimodernização, antiurbano, que promovia a ética do pequeno e da hierarquia tradicional. Vivia-se um clima de medo, que atuava como poderoso instrumento político de censura — incluindo a autocensura — e de controlo.

O derrube do regime teve lugar num país ansioso pelo fim da Guerra Colonial e da ditadura. Por isso, o golpe militar desencadeado na madrugada de 25 de abril de 1974 foi, desde logo, celebrado nas ruas — mesmo contra os apelos transmitidos pelo Movimento das Forças Armadas através da rádio. A capital encheu-se de pessoas à medida que o golpe avançava e que a conquista da liberdade se aproximava. A festa estender-se-ia ao resto do país. A liberdade alcançada a 25 de Abril seria também celebrada na política, nas artes e nas letras.

 

Para participar, escolhe o teu formato – um poema, uma canção, uma imagem ou palavras de ordem – e descarrega a moldura respetiva.

É possível criar conteúdos originais ou reinterpretar as diversas expressões artísticas e políticas que o 25 de Abril inspirou.

Escolhe o teu formato: escreve, lê, interpreta, desenha, canta — o que quiseres, como quiseres.

Carrega o teu vídeo ou a tua imagem.

Aplica a moldura correspondente: um poema, uma imagem, uma canção ou palavras de ordem.

Publica nas tuas redes com os hashtags #DizAbril e #50anos25deAbril, e identifica a Comissão Comemorativa 50 Anos 25 de Abril.

Podes também utilizar as ilustrações dos artistas AkaCorleone, Catarina Sobral, Matilde Horta e Nuno Saraiva criadas para assinalar os 50 anos do 25 de Abril.

Esta campanha parte do mote das Comemorações para este ano, 50xTodos. Este acrescenta à mensagem patente na marca das Comemorações (50×2, porque celebramos de 50 anos de liberdade e de democracia) a ideia de que todos são chamados a participar.

#DizAbril e traz outro amigo também.

06/04/2024

No ano em que se assinala meio século do momento fundador da democracia portuguesa, a Comissão convidou quatro reconhecidos artistas portugueses – AkaCorleone, Catarina Sobral, Matilde Horta e Nuno Saraiva – a criarem ilustrações para assinalar os 50 anos do 25 de Abril. A ilustradora e designer Matilde Horta junta-se, assim, às Comemorações dos 50 […]

05/04/2024

No ano em que se assinala meio século do momento fundador da democracia portuguesa, a Comissão convidou quatro reconhecidos artistas portugueses – AkaCorleone, Catarina Sobral, Matilde Horta e Nuno Saraiva – a criarem ilustrações para assinalar os 50 anos do 25 de Abril. A ilustradora e autora Catarina Sobral junta-se, assim, às Comemorações dos 50 […]

04/04/2024

No ano em que se assinala meio século do momento fundador da democracia portuguesa, a Comissão convidou quatro reconhecidos artistas portugueses – AkaCorleone, Catarina Sobral, Matilde Horta e Nuno Saraiva – a criarem ilustrações para assinalar os 50 anos do 25 de Abril. O artista AkaCorleone junta-se, assim, às Comemorações dos 50 anos do 25 […]

21/03/2024

A Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril lança esta quinta-feira, Dia Mundial da Poesia, a Campanha #DizAbril, que convida todos a celebrarem, durante o próximo mês, nas redes sociais e nas ruas, meio século de liberdade de expressão e de pensamento com poemas, canções, imagens ou palavras de ordem. Para participar nesta campanha digital […]

#50anos25abril